Diretor da MVM – Antonio Cruz e Família

                                               Zilda Rodrigues Cruz – Teóloga. (esposa)

                                              Nina Rodrigues Cruz – Fisioterapeuta (filha)

                               Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

A VISÃO DA URGÊNCIA 

VISAOURGENTE

Do Gênesis ao Apocalipse, a palavra de Deus mostra a urgência divina na salvação do homem perdido. Desde a queda do Éden até o momento supremo no Calvário, Deus, insistentemente, convida Israel a arrepender-se. Algumas vezes esse apelo foi dramático, como registraram os livros proféticos. Jesus iniciou seu ministério mostrando essa urgência ao dizer: “Arrependei-vos e credes porque é chegado até vós o Reino de Deus.” Após o clímax do Calvário sua preocupação pela salvação da humanidade ficou resumida em sua mensagem final à igreja na terra: “Portanto IDE e fazei discípulos em todas as nações.” Neste apelo, Jesus mostra aos discípulos, e eles entendem, a visão da urgência. Hoje, como igreja, necessitamos ter esta mesma visão.

POVOS NÃO EVANGELIZADOS 

De acordo com os missiólogos, há diversidades no número de povos não alcançados pelo evangelho hoje. Para Ralph Winter, há 17 mil povos não alcançados e 12 mil línguas. David Barrete declara que são 11 mil o número total de povos não alcançados. Bob Waymire também arrola 11 mil povos diferentes no mundo. Patrick Johnstone avalia em 12.017 o total de povos não alcançados em todo o mundo. Subtraindo desse número os povos entre os quais há cristãos, missionários de fora e autóctones, restam apenas 1.200 povos a serem alcançados.